Estampa xadrez

A história do xadrez

O xadrez nunca esteve tão em alta. E a gente sabe que a estampa é a queridinha nas passarelas e no imaginário fashionista por aí! A estampa tem tomado conta das ruas, baladas e vitrines em todos os lugares e é a protagonista indispensável nesta estação. Podemos dizer que o xadrez é o novo pretinho básico? Sim!

Para que você possa conhecer melhor a história desta padronagem, listamos os vários estilos de xadrez, suas diferenças, os períodos correspondentes, e também, um breve e informal histórico sobre os conceitos comportamentais e o significado que a estampa representa nas diferentes tribos urbanas. Veja a seguir:

Xadrez

Os diferentes tipos de xadrez (Foto: Reprodução)

VICHY: Trata-se da estampa produzido em larga escala na cidade de Vichy, na França. A combinação de cores geralmente é primária, como o vermelho, azul e amarelo, com fundo branco. Muito usual nos anos 50, ficou conhecida durante a Segunda Guerra Mundial, na ocasião da invasão alemã à França. É um tipo de xadrez com duas cores e efeito quadriculado.

No passado, a atriz Brigitte Bardot foi uma das maiores incentivadoras do uso do vichy, e durante os anos 60, mulheres do mundo todo passariam a copiar o seu estilo romântico ao aparecer no filme E Deus criou a mulher, do diretor Roger Vadim, usando um modelo cheio de babados, isso em 1956. Brigitte era tão fã do estilo que chegou a usar a estampa nas cores rosa e branco no seu vestido de casamento com o ator Jacques Charrier.

Brigitte estampa vichy

Brigitte foi uma adepta e uma das responsáveis em popularizar a estampa vichy (Foto: Reprodução | Montagem Universo Retrô)

TARTAN: Tartan é o estilo clássico de xadrez, composto de linhas diferentes e de cores variadas. Elegante, possui diversas composições de cores e traçados que se cruzam entrem si. Originário da Escócia, muito antigamente era usado somente em kilts, servindo para distinguir os diversos clãs (famílias). Também de acordo com alguns historiadores, essas estampas remontam aos antigos celtas.

Estampa Tartan

Estampa Tartan (Foto: Reprodução)

BUFFALO CHECK: Essa estampa possui a mesma estrutura do vichy, porém com quadrados maiores. É considerada uma estampa mais “pesada” e possui fundo preto. Normalmente usado com linhas vermelhas que se cruzam. É um estilo de xadrez para quem curte a moda retrô dos anos 90.

Buffalo Check

Buffalo Check

PRÍNCIPE DE GALES: A padronagem é a mais clássica e também considerada como a mais requintada. Muito usada em peças de alfaiataria, geralmente em cores neutras como o cinza, bege, marrom e preto, possui desenho com listras irregulares e finas. Tornou-se popular quando o Príncipe de Gales Edward passou a usá-la com frequência e acabou se disseminando. Foi um dos símbolos de elegância dândi e reinou também nos anos 90.

Estampa xadres príncipe de gales

Estampa xadres príncipe de gales

PIED DE POULLE E PIED DE COC: A tradução literal seria “pés de galinha” para pied-de-poulle e “pés de galo” para pied-de-coc, por lembrar a marca da pegada que a ave faz na areia. Considerada uma estampa sofisticada e ousada, pode-se fazer várias combinações com cores primárias ou simplesmente em preto e branco.

Estampa Pied Poule

Estampa Pied de Poulle

ARGYLE: Este é um padrão formado por losangos e linhas finas em cores diferentes, muito usado em suéteres e também em meias. Popular nas culturas modernas e o preferido em looks “nerds”.

Estampa Argyle

Estampa Argyle (Foto: Reprodução)

BURBERRY: Registrado pela grife britânica Burberry, este xadrez é caracterizado pelo fundo bege, com listras grossas em preto e branco e algumas finas em vermelho. Hoje, encontramos a padronagem também em outras cores e é também muito usual em acessórios

Estampa xadrez Burberry

Estampa xadrez Burberry (Foto: Reprodução)

MADRAS: É um tecido de algodão originário da Índia com fios tintos e tramados. É normalmente usado em trajes de verão por ter cores claras e coloridas.

Estampa xadrez madra

Estampa xadrez madra (Foto: Reprodução)

O XADREZ NO ESTILO RETRÔ

E se você curte o estilo retrô e quer sair desfilando moda pin-up com muita atitude por ai? Neste caso, o xadrez é para você! Quem já adotou o estilo retrô no seu dia a dia, sabe que a padronagem nunca esteve tão em alta. Pode usar a abusar a vontade!

Pin Up usando xadrez

Pin-Up usando xadrez (Foto: Reprodução)

Mas e se o seu estilo for vintage e você adora usar looks de brechó? Então o xadrez será a sua escolha certa! Você pode conferir algumas raridades e sair garimpando nos brechós e nas lojinhas vintage de sua região.

Xadrez na moda vintage

Xadrez na moda vintage (Foto: Reprodução)

Agora que você já ficou por dentro dos diversos tipos de xadrez, conheça como a estampa tem sido usada na moda retrô e a sua importância nos períodos de transformação social.

Por ser considerada uma estampa conceitual, o xadrez exerce significados variados nas diversas subculturas. Como é o caso do movimento grunge nos anos 90, e anteriormente, remete ao punk dos anos 70.

XADREZ NO MOVIMENTO PUNK

A moda ganhou força com a estilista Vivienne Westwood, uma das responsáveis pela inclusão da estamparia xadrez no visual punk dos anos 70. Em 1971, a estilista fundou uma loja voltada para o público marginalizado das periferias de Londres, acompanhada de seu marido, que era produtor da banda Sex Pistols (uma das primeiras grandes bandas punks existentes). Nessa época, suas criações foram incorporadas imediatamente ao figurino do grupo.

Este, tendo a clara intenção de ironizar e romper com os ícones culturais da época, encontrou na estampa xadrez (então a preferida das classes mais altas da sociedade inglesa) a maneira perfeita para chamar a atenção sobre as diferenças sociais e comportamentais da sociedade daquele momento histórico.

Xadrez no estilo punk

(Foto: Reprodução)

É neste momento que o xadrez assume os ares de rebeldia que o acompanharia para sempre.

O XADREZ NO MOVIMENTO GRUNGE

No final dos anos 80 e início dos anos 90, mais uma vez, pela necessidade de mudanças comportamentais, outra tribo urbana surge nas periferias. Desta vez na cidade norte-americana de Seattle, nasce um movimento musical fomentado por jovens filhos dos trabalhadores de fábricas locais.

Aqui, o xadrez foi muito usado pelos integrantes de bandas como Nirvana , Alice in Chains, Guns N’Roses e Pearl Jan. Kurt Cobain, vocalista do Nirvana, foi o maior ícone de sua geração.

O visual dos rapazes do grunge é imediatamente copiado pela juventude ao redor do mundo, colocando o xadrez mais uma vez em uma estética cheia de atitude para ganhar de novo as ruas.

Xadrez no estilo grunge

Xadrez no estilo grunge (Foto: Reprodução)

Outras subculturas também têm adotado a estampa xadrez como referência em estilo, como a Otaku e Lolita, do Japão, e as Cholas e Pachucas, do México.

Já vimos que, seja qual for o seu estilo, o xadrez será a sua escolha certa durante esta estação. E a boa notícia é que vale usar o xadrez em saias, calças, camisas, casacos e até acessórios. Como meias, bolsas e em tudo o que a sua imaginação mandar!

Sapato e bolsa xadrez

Sapato e bolsa xadrez (Foto: Reprodução)

Com todo este repertório, seria mais do que certo que a estampa logo cairia no agrado do mainstream. Sendo assim, as grandes lojas adotam o estilo, e trazem das ruas para as vitrines a moda do xadrez, causando assim, uma saudável e inevitável popularização do estilo.

xadrez

Xadrez em coleções fast-fashion (Foto: Reprodução)

E você? O que tem a dizer? Gosta da estampa? Conta pra gente qual o seu estilo de xadrez preferido.

Deixe uma resposta