Astro Venga agora mostra a intensidade criativa e sonora em seu primeiro álbum de estúdio

Precursor da música de rua no Rio de Janeiro contemporâneo, a Astro Venga agora mostra a intensidade criativa e sonora em Transeunte, o primeiro álbum de estúdio, com nove músicas instrumentais que sintetizam o caldeirão musical – sempre em efervescência – deste power trio. 

Gravado no estúdio Radamés Gnattali, da faculdade UNIRIO (RJ) e lançado pela Abraxas, Transeunte é o prolongamento natural do já reconhecidíssimo trabalho de Christian Dias (guitarra), Antonio Paoli (baixo) e Jonas Cáffaro (bateria) nos calçadões das praias cariocas e em demais centros urbanos, onde se apresentam ao ar livre, incorporados aos ruídos da cidade, dos burburinhos e das vibrações da natureza. No álbum, a essência está intacta, e lá foi a oportunidade de a Astro Venga lapidar o feeling das ruas. Além da ocupação artística em espaços públicos, a banda tem uma longa trajetória em palcos e festivais de grande porte como o Circo Voador, Rock in Rio (2015 e 2017), Aldeia Rock Festival, SIM São Paulo e Red Bull Sounderground, tendo na bagagem shows de abertura para bandas como The Flying Eyes (EUA).

Release “Transeunte” por Erick Tedesco

Precursor da música de rua no Rio de Janeiro contemporâneo, o Astro Venga agora mostra a intensidade criativa e sonora em Transeunte, o primeiro registro de estúdio, com nove músicas instrumentais que sintetizam o caldeirão musical – sempre em efervescência – deste power trio. O álbum é disponibilizado nesta segunda-feira nos principais serviços de streaming pela Abraxas Records e, no dia 9 de novembro, uma quinta-feira, em formato físico (CD) no show de lançamento na tradicional casa carioca Imperator, dentro de um dos principais eventos roqueiros da capital, o Rio Novo Rock. Ouça aqui: https://ONErpm.lnk.to/AstroVenga

Gravado no estúdio Radamés Gnattali, da faculdade Unirio (RJ), Transeunte é o prolongamento natural do já reconhecidíssimo trabalho de Christian Dias (guitarra), Antonio Paoli (baixo) e Jonas Cáffaro (bateria) nos calçadões das praias cariocas e em demais centros urbanos, onde se apresentam ao ar livre, incorporados aos ruídos do trânsito, dos burburinhos e das vibrações da natureza. No álbum, a essência está intacta, e lá foi a oportunidade do Astro Venga lapidar o feeling das ruas.

A música instrumental do Astro Venga tem swing, melodias, peso, batidas dançantes e até introspectivas, norteadas em termos sonoros pela positividade das levadas rock n’ roll, vide faixas como “Zinabre” ou “Sub Monte”. Música brasileira também tem espaço: “Olho Mágico” mostra o lado rítmico e harmônico da viola e o bandolim dentro da proposta experimental.

Não à toa, punk progressivo, funk garagem ou rock extremo são rótulos criados pela própria banda para tentar explicar a plasticidade de Transeunte, que foi moldada nos dois registros anteriores gravados ao vivo durante apresentações nas ruas, Explodiram a Perimetral (2014) e Ao vivo na Lapa (2016).

Clipe:

CONFIRA AQUI NOSSO 1º ÁLBUM DE ESTÚDIO:
“Transeunte” (2017) – lançado pela ABRAXAS records

Vídeos ao Vivo:
“Mundo Estreito” ao vivo no Circo Voador“Magneto” ao vivo no Circo Voador“Zinabre” ao vivo No Circo Voador

Rua:
Ao vivo na Avenida Paulista (SP)
Ao vivo no Largo da Carioca (RJ)

Deixe uma resposta