Formada em 2012 em Campinas/SP, a Threesome é um quinteto de música autoral

Formada em 2012 em Campinas/SP, a Threesome é um quinteto de música autoral esteticamente influenciada pelo rock dos anos 60 e 70 e com referencias de outros segmentos como o blues, jazz e o indie. Inerentemente maliciosas, as letras das músicas do Threesome discorrem geralmente sobre as relações humanas pela perspectiva de experiências sexuais, monogâmicas ou não. Mais do que contar histórias clichês, a Threesome quer provocar, romper barreiras impostas pelo preconceito e por setores opressores da sociedade, promovendo a livre reflexão sobre um dos temas centrais dos estudos de Sigmund Freud. “Get Naked” é o título do álbum de estreia do Threesome lançado em 2014. O disco reúne 11

faixas e está integralmente disponível online através das principais rádios e aplicativos. Três anos após o lançamento do debute, Juh e Fred Leidl, Bruno Manfrinato, Bob Rocha e Henrique Matos decidiram colocar o álbum sob nova perspectiva, motivados pelo desligamento do antigo vocalista e por novas possibilidades no processo de produção. O resultado foi o EP “Keep On Naked” que traz regravações de duas músicas do disco de estreia, “Every Real Woman” – agora “ERW” – e “Why Are You So Angry?” – rebatizada como “Sweet Anger” -, além de uma faixa inédita chamada “My Eyes”. “Este trabalho veio da necessidade que tínhamos de mudar e melhorar algumas coisas em relação ao álbum de estreia” , explica o baterista Henrique Matos. “Get Naked foi concebido em nosso home studio, então tanto em relação à qualidade de gravação ou quanto à própria composição e arranjos, achamos que poderíamos fazer melhor. Com a saída do Bruno Baptista da banda, a Juh Leidl assumiu as vozes principais de algumas músicas e isso causou uma necessidade natural de mudar as linhas vocais, caso da “Every Real Woman”, que agora adquiriu um tom mais provocativo ainda, registrado na nova “ERW”. “Why Are You So Angry” mudou completamente, é outra música, apesar de ter mantido a letra original, mas nem consideramos como regravação, ela se tornou uma das músicas mais fortes e pesadas da banda, agora chamada “Sweet Anger”. Já “My Eyes” é totalmente inédita e nela decidimos usar o vocal agressivo e doido do Fred Leidl, e o resultado foi excelente” . Se “Get Naked” foi concebido a partir de uma estética artesanal, para “Keep On Naked” o Threesome buscou um caminho absolutamente inverso. Captação, mixagem e masterização levam a assinatura de ninguém menos que Maurício Cajueiro, renomado produtor brasileiro que já trabalhou com alguns dos nomes mais relevantes do mundo como Linkin Park, Steve Vai, Glenn Hughes, Gene Simmons, Stephen Stills, entre outros. Todo o processo aconteceu no estúdio Cajueiro em Campinas e a banda gravou as músicas ao vivo direto na fita de rolo. “Sempre quisemos gravar de forma analógica” , acrescenta Henrique. “Alcançamos o resultado esperado e, de fato, ficou diferente em relação a uma gravação digital. A performance ficou muito natural, e a fita casa melhor todas as frequências, tudo soa mais orgânico, parece que todos os instrumentos têm o seu espaço sem conflitar. É um deleite.” Já com relação a capa de “Keep On Naked”, ela foi mais uma vez desenvolvida pela vocalista Juh Leidl, que também é artista plástica e já tinha assinado a capa de “Get Naked”. “Tentei criar algo em cima dos temas das três músicas” , conta a vocalista e pintora. “Os três temas são ligados às relações humanas, com um apelo do envolvimento sexual de maneira intensa, mas ao mesmo tempo leve, dinâmica e natural. Penso que a arte da capa traduz sozinha o tipo de sensação que queremos causar ao escutar as músicas. E se você observar, as posições e contornos humanos trazem inconscientemente a mesma forma do símbolo de nosso logo. Keep On Naked, seja pela capa ou conteúdo, mostra essa harmonia, ritmo, swing, calor e intensidade que buscamos” . De fato, essa estética sexual inerente ao trabalho do Threesome chega mesmo a ser urgente! Seja a partir de uma perspectiva social ou artística, nunca foi tão importante falar sobre sexo. Se houve um tempo – especialmente nos anos 60 através das gerações beat ou flower power – em que transformamos o sexo em bandeira pela busca de nossa liberdade, hoje sexo, drogas e rock ‘n’ roll nunca estiveram tão desconectados. “O sexo e toda a curiosidade sobre ele está presente na história humana desde os primórdios, é natural termos vontade de falar sobre ele” , comenta Juh Leidl. “As artes, por sua vez, têm como princípio básico ser manifestação da expressão humana e sua visão e busca da compreensão sobre tudo ao nosso redor. Logo, arte mais sexo faz todo o sentido. O clichê sexo e rock n roll pode parecer batido, mas continua sendo verdadeiro. O rock tem seu caráter rebelde, marginal, incontrolável e como o sexo ainda hoje continua sendo tabu, por mais absurdo que pareça. Mais uma vez, falar sobre sexo no rock, é quase inevitável.” Inevitável também é o desejo da banda de continuar a explorar o tema da sexualidade em seus próximos trabalhos, sempre se orientando pelas premissas da liberdade e do respeito. “Criamos músicas com temas eróticos, mas temos material para pelo menos mais três álbuns já compostos e não ficamos presos só em sexo. Nossa maior preocupação, sobretudo, é falar sobre liberdade e respeito, em vários sentidos. E falar sobre temas eróticos é uma maneira de explorar a liberdade de pensamento, de normas, e a banda tem tanto isso em comum, essa busca pela liberdade, que nos possibilita fazermos músicas com temas fora do nosso padrão, com estilos fora do nosso. E nos permitimos inclusive mexer em músicas já gravadas ao invés de só lançar novas, como fizemos em Keep On Naked” , concluiu Juh Leidl. Liberdade e Respeito são clichês que nunca saem de moda! Tão quanto Sexo e Rock N Roll!

 

TRACKLIST:

1- Sweet Anger

2- My Eyes

3- ERW

FORMAÇÃO:

Juh Leidl (vocal)

Fred Leidl (guitarra/piano/vocal)

Bruno Manfrinato (guitarra)

Bob Rocha (baixo)

Henrique Matos (bateria) DISCO

ENDEREÇOS OFICIAIS NA INTERNET:

www.3somerock.com

www.facebook.com/3some

www.youtube.com/threesomerock

www.twitter.com/ThreesomeRock

www.instagram.com/threesomerock

www.soundcloud.com/threesomerock

Som do Darma

eliton@somdodarma.com.br

(15) 3211-1621

Be the first to comment

Leave a Reply