Carro Galaxie Rosa

Mulher adota o estilo retrô ao lado de um Galaxie Rosa 1976

Cristiana Miralha, também conhecida como Ladie Galaxie, apelido que ganhou depois de desfilar com seu Galaxie Rosa em eventos, tem 40 anos, é casada, tem dois filhos de 15 e 10 anos e mora em Presidente Prudente. Além de seus trabalhos como Assistente Social, Terapeuta Sistêmica de Casal e Família, professora na faculdade UNICESUMAR e fotógrafa, Cris, também é apaixonada por carros e pin-ups.

Sua relação com automóveis começou ainda cedo. Teve seu primeiro carro ainda na infância, um fusca azul de brinquedo que seu pai comprou achando que teria um filho homem. Aos 14 anos aprendeu a dirigir e se divertia com o Opala de seu pai que a deixava dirigir. Mas, foi mesmo no início da fase adulta que seu amor por carros cresceu, quando conheceu Alexandre, há 22 anos, seu companheiro desde então. A paixão de seu parceiro por carros acabou influenciando Cris, que já tinha um “gostinho pela coisa”.

PAIXÃO DE FAMÍLIA

Galaxie Rosa

Galaxie LTD 1976 Rosa (Foto: Divulgação)

Há 14 anos, Cris e Alexandre compraram um Galaxie LTD 1976 Rosa e foi amor a primeira vista. O carro seria desmontado e iria virar um limousine, porém, o amor foi tanto que o casal decidiu não seguir com a ideia. Em função de alguns problemas financeiros, foi preciso vendê-lo, mas Cris nunca perdeu a esperança de conseguir comprar de volta. Cerca de seis anos depois, reencontrou o carro e ele estava em péssimo estado, mas mesmo assim, adquiriu ele novamente.

O carro estava em condições tão ruins que foi entregue em um guincho, pois não rodava mais. Foi preciso um grande trabalho de restauração! Achar as peças do carro não foi uma tarefa fácil, já que o carro é de 1976. Foi preciso muita dedicação no conserto e restauro, e principalmente, colocar o motor V8 para voltar a rodar. Mas, com o apoio do marido e do sogro, que entendem de mecânica, o sonho de ter o carro novinho em folha foi realizado e Cris pode novamente desfilar com seu Galaxie Rosa.

A paixão por carros antigos é de família e esse não é o único dos integrantes. Na garagem da família Miralha, ainda há um Karmanghia 67; um TL 1970, propriedade de seu sogro e um Maverick 1977 de seu marido. Há ainda uma churrasqueira na casa que foi construída a partir de uma Kombi inteira desmontada. O casal também participa de encontros de carros e viajam para outras cidades.

O PRECONCEITO COM PROPRIETÁRIA DE CARRO

Ladie Galaxie

Ladie Galaxie ao lado de seu carro rosa (Foto: Divulgação)

Cris afirma que há muito preconceito com mulheres proprietárias de carros. Por muitas vezes, mesmo que ela esteja dirigindo seu próprio carro, muitos duvidam que ela seja a dona do automóvel. Mas, Ladie Galaxie acredita no poder da mulher nesse ambiente, que vem desmistificando que mulher e carro não andam juntos.

Para ela, mulheres como Thais Roland, do canal Coisa de Menino Nada, que tem grande conhecimento sobre mecânica; Jociane Muller, com grande conhecimento em funilaria; Gisele Goulart, que representa as mulheres em caminhões, e tantas outras, que entendem e dirigem muito bem, são grandes responsáveis por isso.

A PAIXÃO POR CARROS E PIN-UPS

Cris Miralha

Cris Miralha (Foto: Divulgação)

Com uma página no Facebook Mulheres que amam carros antigos, com mais de 1500 curtidas, Cris busca divulgar a cultura automobilística, dar visibilidade para as mulheres que gostam de carros antigos, fazer com que elas participem dos encontros, para que esses deixem de ser um evento tão masculino. “Muitas vezes as mulheres detestam esse tipo de evento e ainda acham ruim que seus maridos participem.”, afirma.

Com a página, Cris também começou a dar visibilidade para as pin-ups, criando coragem e assumindo também que é adepta do estilo. Além do carro antigo rosa, que é sua minha cara, Cris tem se vestido com estilo retrô e se destaca em sua cidade.

“Em Presidente Prudente, há poucas meninas que gostam ou realmente vivenciam este mundo.” , Cris afirma que dá para contar nos dedos de uma mão a quantidade de garotas na região e conta como Rosana Barrera (@bettiefromhell) é uma referência para ela na cidade.

Cris Miralha em concurso pin up (

Cris Miralha em concurso pin-up (Foto: Divulgação)

Quando Ladie Galaxie descobrio o estilo, começou a se dedicar a concursos de pin-up e tem criado suas próprias roupas, inspiradas em musas como Marilyn Monroe, Jayne Mansfield e Brigitte Bardot, todas loiras e exuberantes, que possuem estilos que Cris tem mais identificação.

Entre os eventos que já participou, está o Santa Catarina Custom Show, e com estes eventos teve a oportunidade de conhecer mulheres que admira muito pessoalmente. Entre suas inspirações de pin-ups brasileiras atuais, estão  Aurora D’vine, Howdysister, Juliana Lourenço, Miss De-Lovely, Jordana Donni (Manifesto Pin Up), Bruna Carolina (Sonho Vintage), Lady Von Page, Srta Tata, Madame Rose’n’roll, Daise Alves, Miss Hot Candy, Bruna Pepper e tem tantas outras que amo sigo, comento e exalto a beleza e talento.

Deixe uma resposta