Pregando a diversidade e a tolerância, Mari Blue lança seu novo clipe “A Gente”

Manequins representando muitas pessoas diferentes e uma mensagem sobre como é preciso aprender com as diferenças, com seus defeitos e qualidades. Levantando com leveza uma mensagem de tolerância, a cantora e compositora Mari Blue lança o clipe “A gente”, faixa-destaque do mais recente álbum da artista e lançada nos serviços de streaming como um single, via Sagitta Records.

Assista o clipe:

Ouça o single: http://bit.ly/MariBAGente

“Essa música traz uma mensagem simples para uma das maiores dificuldades do ser humano, mostra uma possibilidade de lidarmos com as coisas com mais leveza. É despretensiosa, uma brincadeira com palavras e estereótipos”, conta Mari.

 

Mineira radicada no Rio, Mari Blue é uma artista versátil e multimídia que vem se destacando na cena da música independente carioca com seu trabalho que une bom humor, ironia e muita sensibilidade. Ela iniciou sua carreira nos palcos através do teatro, 10 anos atrás, quando ingressou na UFRJ e Unirio, estudando Direção Teatral e Interpretação. A experiência cênica trouxe forte influência para o modo como ela se apresenta e a força de suas performances.

Desde 2011, Mari Blue foca totalmente seu trabalho artístico na música. Nesses anos ela já lançou 3 álbuns e acumulou prêmios importantes como o Festival Nacional da Canção, FEMURC, Festival da Canção Francesa, Festival de Clipes e Bandas 2017 e WebFestValda 2017. Seus dois primeiros discos, “Parte de mim” (2011) e “Parte de Mim 2” (2012) traziam uma artista ainda buscando seu caminho, que ela conquistou em seu último álbum de estúdio “Fruto da Flor”, de 2016. O trabalho contou com produção de Federico Puppi, italiano radicado no Brasil que ganhou notoriedade nacional ao produzir o álbum “Guelã”, da cantora Maria Gadú.

E “A Gente” sempre foi um destaques do álbum. Agora ela ganha um tratamento especial audiovisual com o olhar do diretor Alexandre Branco Borges e diversos simbolismos escondidos nos manequins da produção assinada por Asha Filmes.

 

“Sempre quis ter um clipe dessa música, ela é uma das primeiras que compus e talvez a primeira com que me identifiquei de fato. Só que me trazia muitas imagens, mas não queria que o clipe ficasse tão ilustrativo, desejava que ele trouxesse um acréscimo de sensações. De início eu já não quis trabalhar com pessoas, seria o mais óbvio e pouco marcante. Então propus usar somente manequins e o diretor/roteirista do vídeo adorou e trabalhou nisso”, explica a artista.

Ficha técnica:

 

Alexandre Branco Borges: roteiro, direção, montagem e cor

Taís Capelini: roteiro e direção de arte e assistente de direção

Samuel Fortunato: direção de fotografia e câmera

Igor Freitas: direção de fotografia, câmera e edição

Luana Ribas: produção

Martina Guenther: figurinista

João Pedro Ribas: contra regra

Rodrigo Rosado: contra regra e making of

Produzido por: Asha Filmes

Acompanhe Mari Blue:

www.maribluemusic.com

www.facebook.com/maribluepage

www.twitter.com/mariblueoficial

www.instagram.com/mariblueoficial

www.youtube.com/maribluemusic

Be the first to comment

Leave a Reply