War Industries Inc. retoma divulgação do novo disco, WWIII

A banda War Industries Inc., que pertence ao selo da Abraxas, retoma a divulgação do segundo disco, WWIII. Serão cinco shows neste mês de janeiro e um novo videoclipe será lançado em breve. No domingo, dia 13 de janeiro, serão nada menos do que dois shows na avenida Paulista, em São Paulo.

Como uma máquina de guerra, o War Industries Inc. é voraz, feroz e frenético. Costuma ficar pouco tempo longe das apresentações ao vivo e a mente criativa do guitarrista/vocalista Jim Boone mantém o power trio em constante produção, seja de músicas, videoclipes ou live sessions. A dinâmica em 2019 será a mesma de sempre e, para tanto, a banda já tem cinco shows agendados somente neste primeiro mês do ano, para dar seguimento à divulgação do novo disco WWIII, lançado pela Abraxas Records. Nos bastidores, eles também se articulam para lançar um novo videoclipe que promete ser bombástico.

O primeiro compromisso desta miniturnê será neste domingo, 13 de janeiro, em plena avenida Paulista (São Paulo). No fim do ano passado, o War Industries Inc. esteve por lá e fez um show energético e atraiu a atenção de diversas pessoas. Aliás, compromissos, já que serão duas apresentações neste mesmo dia: às 11h30 e às 15h30, ao lado do Masp, próximo à rua Peixoto Gomide.

Em seguida, no próximo fim de semana, serão quatro shows em sequência. O War Industries Inc. deixa o QG em Santo André em direção a Mogi das Cruzes, onde tocam dia 17, uma quinta-feira. Depois, na sexta, 18, é rumo ao litoral paulita, com show no Guarujá, e no sábado, 19, em Praia Grande. No domingo, 20, sobem a serra para se apresentar em Jandira, cidade da microrregião de Osasco.

O War Industries Inc. mantém o repertório focado nas músicas do WWIII, o segundo disco da banda e sucessor do Legends from Turtle Island. Neste novo registro, o autêntico garage punk ganha contornos psicodélicos e a sujeira – no bom sentido – fica ainda mais áspero nas canções que tratam dos horrores de guerra e do mundo bélico.

Deixe uma resposta